Páginas

quarta-feira, 28 de setembro de 2011

Da importância de ser inteiro

Estar naquele lugar, naquela cena, naquele momento, com aquela pessoa, integralmente. Atentar para os detalhes simples e que passam despercebidos. Pequenas coisas  fazem toda a diferença quando recebem a devida importância. E como ser?  Viver no presente é um desafio.  

Lendo o artigo de Ana Valeska Maia, professora do curso de Direito da Fanor publicado ontem no jornal O povo Online no caderno Opinião com o titulo Narrativas de tempo e olhar indicado por Francisco Constantino cheguei a estas conclusões.


Não perca a oportunidade de contemplar o que é simples, o gratuito, o natural. A lua, as marés, as nuvens, as pessoas...







Disfrute do corpo

Experimente! Melhor, experencie. Não seria incrível de repente você tentar algo novo no corpo? Uma roupa, um corte de cabelo, um movimento (ou vários). Mudar o caminho para caminhar mais, ficar mais tempo na cama pra poder rolar e espreguiçar, balançar na rede, brincar, ficar quieto só observando, sentindo.... Chamamos o corpo de nosso mas na realidade, não seriamos nós mesmos este corpo? Seria o corpo algo a parte de nós? Por muitas vezes sim.  O dia passa e a não nos damos conta, não temos  tempo para ter uma relação com o ele, para se perceber, para tentar mudar, sempre há o que mudar. Um habito, um caminho, uma forma de pensar (corpo também é pensamento). Por mais simples que seja, sugiro hoje que você faça um carinho a si mesmo, si dê algo novo como estimulo, coma algo que te faça feliz, um doce talvez, uma fruta diferente. Trabalhe o corpo, estimule a mente, leia. Converse longamente e se permita ser tocado, abraçado. Se permita. O corpo não é seu, o corpo é você.

"Viver é afinar o instrumento, de dentro pra fora de fora pra dentro."



sábado, 24 de setembro de 2011

Aquilo que eu não posso esquecer

Resolvi parar e me escutar. Ontem limpei as gavetas e hoje quero enche-las de coisas novas. Separei a fé nas pessoas e guardei. Essa não quero perder jamais. Deixei o passado no seu devido lugar, no passado. Mas  percebi que havia ficado vazio demais. Alguém me chamou a atenção para isso. Então agora, pretendo me encontrar não mais dentro de mim, mas no outro. Será uma nova forma de se encontrar ou melhor de compartilhar. Não posso esquecer que sozinhos podemos  até chegar a algum lugar, mas juntos, podemos ir muito mais longe. 

Escrevi na parede do meu quarto com giz de cera a um ano atrás (e ainda está lá):

Eu hoje joguei tanta coisa fora
Eu vi o meu passado passar por mim
Cartas e fotografias gente que foi embora
A casa fica bem melhor assim







Passei todo esse tempo acreditando que a casa vazia estava bem melhor. Eu havia esquecido que  recomeçar faz parte da vida. Agora colocarei este texto aqui, vou pintar a parede e talvez o escreva nela também somente para não esquecer.


"EU HOJE JOGUEI TANTA COISA FORA…."

“Não importa onde você parou… em que momento da vida
você cansou… o que importa
é que sempre é possível
e necessário “recomeçar”.
Recomeçar é dar
uma nova chance a si mesmo… é renovar as esperanças
na vida e o mais importante…acreditar em você de novo.
Sofreu muito nesse período? foi aprendizado…Chorou muito? foi limpeza da alma… Ficou com raiva das pessoas? foi para perdoá-las um dia…
Sentiu-se só por diversas vezes? é por que fechaste
a porta até para os anjos… Acreditou
que tudo estava perdido? era o indício da tua melhora…
Pois …agora é hora de reiniciar… de pensar na luz…de encontrar prazer
nas coisas simples de novo. Que tal um novo emprego? Uma nova profissão?Um corte de cabelo
arrojado… diferente? Um novo curso…
ou aquele velho desejo
de aprender a pintar… desenhar…
dominar o computador…
qualquer outra coisa…
Olha quanto desafio…
quanta coisa nova
nesse mundo de meu Deus
te esperando. Está se sentindo sozinho? besteira… tem tanta gente
que você afastou
com o seu período de isolamento tem tanta gente esperando
apenas um sorriso teu para “chegar” perto de você.
Quando nos trancamos
na tristeza…nem nós mesmos nos suportamos… ficamos horríveis…o mal humor
vai comendo nosso fígado…
até a boca fica amarga.
Recomeçar…
hoje é um bom dia
para começar novos desafios. Onde você quer chegar?
ir alto… sonhe alto…
queira o melhor do melhor… queira coisas boas para a vida… pensando assim trazemos
prá nós aquilo que desejamos… se pensamos pequeno…
coisas pequenas teremos… se desejarmos fortemente
o melhor e principalmente lutarmos pelo melhor…o melhor vai se instalar
na nossa vida.
É hoje o dia da faxina mental… joga fora tudo
que te prende ao passado… ao mundinho de coisas tristes… fotos…
peças de roupa…
papel de bala… ingressos de cinema…
bilhetes de viagens… e toda aquela tranqueira
que guardamos
quando nos julgamos apaixonados…
jogue tudo fora… mas principalmente…
esvazie seu coração… fique pronto para a vida…
para um novo amor…
Lembre-se somos apaixonáveis… somos sempre capazes
de amar muitas
e muitas vezes… afinal de contas…
Nós somos o “Amor”…

(Carlos Drummond Andrade)







sexta-feira, 23 de setembro de 2011

Difícil? Não, apenas trabalhoso

Esta proposta é apenas uma sugestão. Quero te pedir para parar só um instante e prestar atenção em você mesmo. Agora você vai abrir a gaveta (da alma) e tirar de lá tudo que já ficou sem ultilidade, vamos colocar a energia para circular. Antigos sonhos e planos merecem ser revistos, alguma possibilidade de realiza-los? Ai é com você, eu só estou aqui para sugerir. Todas as desavenças banais, tira tudo isso dai, se desfaça, não serve pra nada. Depois de fazer este passo-a-passo você vai buscar dentro de você o que te motiva e a partir de agora se permitir algo novo. Difícil? Não, apenas trabalhoso. E daí que hoje é sexta e tradicionalmente o dia dos começos é a segunda, não seria maravilhoso fazer algo diferente? Mas  lembre-se, esta proposta é apenas uma sugestão, para que hoje você possa fazer as pazes com você mesmo.


Hoje senti vontade de sugerir algo. Fique  a vontade para continuar guardado o que quiser ou instigado a fazer algo diferente.

quinta-feira, 22 de setembro de 2011

Passos de dança

Sabe o sentido da palavra se encontrar?  Pois foi o que me aconteceu. Na dança eu me encontrei, me recriei e me refaço todos os dias. Melhor que isso é poder levar outras pessoas a esse encontro, seja com minha dança, seja despertando a dança que existe em cada um. O que é preciso? É preciso querer. Independente de sua idade, tipo físico, classe social, você pode ter o seu encontro com o belo, com a arte, com o lúdico, só cabe a você a escolha. Nunca direi que é fácil, pois não é. Você terá que se dedicar, ter atenção especial as suas sensações, carinho na construção do seu repertório corporal, muita disposição para errar e mesmo exausto,  alegria para celebrar suas conquistas. 


Não penso em passado ou futuro 
Vivo minha dança no presente 
Dou passos firmes no grande baile da vida  
sigo no anti-horário, no contra- tempo 
e seguirei mesmo depois que a música parar.




A Lara Monteiro me enviou hoje via facebook dizendo: Achei muito jeito Márcia Azevedo de ser!
Obrigada amiga!

terça-feira, 20 de setembro de 2011

O tempo

O tempo que mas comumente conhecemos é o tempo como duração. Coisas boas duram pouco. Coisas ruins duram uma eternidade. Existe mesmo o tempo? Ele trabalha contra ou a nosso favor? Depende... Cada um de nós pode fazer mais e melhor do tempo que nos cabe.
A dor que os homens experimentam pelo mau emprego do tempo que já vivemos nem sempre os conduz a fazer melhor uso daquele que lhes resta viver. (La Bruyère)


"O tempo que resta é esse que estamos vivendo. Deixe de viver no passado e no futuro."

Não lamente meu amor o tempo que escoa
ele não está contra nem a favor
apenas se diverte com o nosso espanto
por não percebe-lo passar.


"Peço-te o prazer legítimo
E o movimento preciso"


Sobre o querer

Querer algo, alguém, ficar, sair, deixar, entender, dominar, abandonar, se permitir, alcançar, experienciar...
Querer e permanecer querendo, fará muita diferença em qualquer coisa que busque na vida. Não há espaço para um sentimento pela metade. Em tudo que estiver envolvido procure estar por inteiro. Em cena esteja integro e sabendo que é ali onde você deseja estar.
  É preciso eliminar todo meio querer. É preciso "querer" de tal forma que se deseje eternamente aquilo que se quer, pois só então esse "querer" será pleno e poderoso. "Comece por perguntar se aquilo que queres, queres por toda vida [...]."  SCHÖPKE Regina, Matéria em movimento A ilusão do tempo e o eterno retorno, Ed. Martins Fontes, 2009

                                 
"Eu queria querer-te amar o amor
Construir-nos dulcíssima prisão
Encontrar a mais justa adequação
Tudo métrica e rima e nunca dor
Mas a vida é real e é de viés
E vê só que cilada o amor me armou
Eu te quero (e não queres) como sou
Não te quero (e não queres) como és"
                       
                              O Quereres - Caetano Veloso



segunda-feira, 19 de setembro de 2011

A vida é mu-dança

Acredito que tudo no universo está se movendo constantemente. O mover é algo involuntário, inevitável e infinito em suas possibilidades. Tudo que existe muda a todo o instante. Eu mesma já mudei várias vezes desde a hora que acordei hoje pela manhã. E são com estas conclusões que inauguro meu blog, batizado de Nerd da Dança em homenagem a minha amiga Luisa Viana, que nomeou a nós, seus colegas do curso de Dança da UFC, de "nerds da dança" em um momento em que falávamos sobre "Dança Pensamento" antes de uma aula da Theresa Rocha. Achei o termo super apropriado aos então novos pesquisadores em dança de Fortaleza.

Para estar aqui hoje foi preciso mudar várias vezes e mudarei muitas vezes mais quantas forem preciso.

“Quem é você?”, perguntou a Lagarta.
Não era uma maneira encorajadora de iniciar uma conversa. Alice retrucou, bastante timidamente: “Eu — eu não sei muito bem, Senhora, no presente momento — pelo menos eu sei quem eu era quando levantei esta manhã, mas acho que tenho mudado muitas vezes desde então.”
                                                                           
                                                                               Alice no país das maravilhas